15 de maio de 2007


A minha amiga J. fez 50 anos.
A minha prenda são 50 postais, um por dia.
É este percurso que quero registar.

Aqui também um por dia.

10 comentários:

Rosa disse...

Bem-vinda a este novo mundo da blogosfera!
Espero poder ver aqui todos aqueles que tive o prazer de ver "ao vivo" antes de entrarem nos correios.
beijinho

iMia disse...

E eu? Eu também fiz 50 anos!! Também sou touro, também sou galo!

Bjs
F.

Anónimo disse...

Rosarinho! Tens um blog!? Não acredito. És tu que o fazes? ...seja como for, acho a ideia ousada e fantástica. Finalmente vais dar ao mundo a oportunidade de ver os teus mágnificos postais. Parabéns.

Da tua sempre amiga, Olga

Ana disse...

Rosarinho, está lindo, adorei.

Gosto muito de ti.

Ana

Maria Filipe Rosa disse...

Parabéns à mãe e às maravilhosas filhas - a mais bela das suas criações - que agora a ajudam nestas novas andanças electrónicas.
Está lindo!
Filipe

Maria disse...

In utilidade, as palavras são bombons que se desmoronam lascivamente nas bocas sedentas de luz.
Brindo à inutilidade pardacenta que em tempo algum se fez vingar nas palavras que sei tuas.

Maria

Anónimo disse...

Olá Rosarinho!

Estou a gostar muito do teu blog.Adoro todos os teus postais. Para quem tinha tanto medo destas tecnologias,vejo com agrado que conseguiste ultrapassá-lo. Continua, que eu tenciono passar por este espaço sempre que possivel.
Muitos beijinhos
A tua amiga
São

Anónimo disse...

Querida Rosario
Parabens pelo blog! Gostei muito de ver as obras mais recentes... Tambem eu tive a honra de receber um dos teus postais pelos meus 50, que continua a fazer-me companhia. Força para a vida, a atenção ao detalhe, as palavras, as emoções e obrigada pela Partilha.
Beijinhos
Inês
mãe do João que com a Rosa e a Joana nos re-aproximaram...

Cristina disse...

Rosário,

É optimo quando os amigos ainda nos conseguem surpreender!!
Qual,coelhinho de olhos vermelhos e pêlo branquinho... "Á inutilidade das palavras" é bem mais interessante!
Aquele beijinho "especial"

Cristina

Júlia disse...

Há muito muito tempo éramos umas meninas viradas para os trabalhos manuais, eu, não sei o que me aconteceu... tu continuas-me a surpreender.Belo trabalho.
Até breve!
Bêjos
Júlia