16 de julho de 2007


Templo Xintoísta


Aqui aprende a pedra
a ser igual à flor

Aqui a flor se adestra
a ser igual ao pássaro

E nós a ser por dentro
pássaro pedra flor

noutra onda do Tempo
noutra curva do espaço.


David Mourão Ferreira
Setembro 2002


Para o pequeno David no dia em que nasceu.


Bordei este postal há uns anos e mais uma vez não sei o nome do autor. As minhas desculpas.

2 comentários:

SãoGens disse...

este mesmo poema, ilustrado com um desenho do Francisco Simões, tenho eu emoldurado na parede do corredor. Os teus pássaros também lá ficariam bem.

rosário disse...

Foi no teu corredor que o encontrei...