4 de julho de 2008

fotografia de Rodrigo Arangua / AFP, "Público"


Sinto-me feliz por voltar a estar com os meus filhos depois de sete anos.
São os meus filhos, o meu orgulho, a minha razão de viver, a minha Lua, as minhas estrelas.(...)
Por eles continuei apostada em sair da selva, com a ilusão de voltar a vê-los.

Ingrid Betancourt
Ao ser libertada e após seis anos, quatro meses e nove dias de cativeiro pelas FARC.
In "Público", Julho 2008

1 comentário:

Ana Lúcia disse...

esse não precisa de comentário porque a gente sente sem precisar dizer nada pois - o que haveria pra dizer depois do que ela disse?