1 de junho de 2009

"Danceuse Cambodgienne", Auguste Rodin


Só posso crer num Deus
que saiba dançar.

Nietzche
Julho 1985

6 comentários:

comboio turbulento disse...

concordo em absoluto com a afirmação e com a beleza do postal

Anónimo disse...

Por isso é que ele era ateu! Nietzsche.

Anónimo disse...

Eu ainda creio mais numa Deusa que saiba dançar. Essa sim...

_madinha_ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
inês disse...

que deusa, a rosarinho.
vou dançar para ti o meu mais belo bailado. vais vê-lo de vestido com flores, que é sobre elas que vamos dançar. e o público serás tu e os mil gatos, que queriam assobiar para me acompanhar.
no fim tu vais bater palmas, gostas sempre muito de nós.
obrigada.

Anónimo disse...

Ver-te dançar é um enorme prazer. O teu mais belo bailado é qualquer coisa difícil de imaginar, principalmente se o público sou eu mais os mil gatos a acompanhar-te.
Gosto muito e mesmo. É verdade!
Irei com o meu vestido de flores que ainda não tenho..e com um lenço de cambraia porque as emoções vão andar à solta.
rosário