14 de junho de 2007


Sou uma salada mal-feita entre o sonho e a realidade, entre medo e vontade.
Acredito na energia e no movimento, num crescimento contínuo perturbado por uma dúvida constante.
Acredito no amor de partilhar e rir baixinho das experiências da experiência que é a vida, e gosto de olhar no fundo dos olhos dos outros e de achar que conseguimos mudar qualquer coisa e perceber melhor o real, numa adaptação constante deste absurdo. De regras enormes, estradas que não quero seguir e que existem por todos os lados, procuro a minha, sei que existe, porque às vezes nas aulas de teatro estamos lá em dias quentinhos rodeados de olhos conhecidos.

Rita Wengorovius
in "Será que se ensina a sonhar?"
Dezembro 2005

2 comentários:

Maria disse...

Rir baixinho,,,não me apetece.
Gargalho ruidosamente, este postal faz-me cócegas, delicia-me!

Um beijo sonhado

Maria

Anónimo disse...

Gosto de rir, mas alto...e faço-o quando revejo as minhas cadernetas.

Esqueci-me de dizer que os postais são "girinhos", perdoado?

Espero que no mínimo possa soltar um leve sorriso, sobretudo à autora dos "bordados".

O mesmo Eu,